A tanatologia é um dos temas abordado pela Psicologia Transpessoal.

Mas o que é Tanatologia? A palavra é derivada de Tânato do grego "morte" e Logos "estudo", a morte é a transação do que sabemos para o que não sabemos seja racionalmente ou cientificamente.

 

 

 

 

A importância do trabalho com pacientes terminais o sentido de morrer, atenuar a dor e o sofrimento e aprimorar a qualidade de vida dos pacientes e de seus familiares diante de uma quadro ou doença terminal, pois, sempre estamos morrendo aos poucos fisicamente, estamos sempre envelhecendo, e a morte é ápice onde deixamos esta realidade.

A morte pode-se ver como uma perda, essa perda pode ser física, morte de uma pessoa, sendo perdas tangíveis. Também pode ser uma perda simbólica, que são perdas de natureza psicossocial. Tais como: velhice, gravidez e o nascimento do filho, final da infância, o final da adolescência, etc.

Portanto, a tanatologia está na importância de aprender a morrer. A princípio aparece estranho, no entanto, o aprender a morrer é ter maiores condições de saber viver mais sereno. Saber viver uma vida mais proveitosa, e não uma vida superficial, perdendo o seu tempo.

Agora te peço, faça um retrocesso na sua vida e pense nas suas decisões, seja boas ou ruins, e as decisões que você deixou outros tomarem por você. 

Saber viver é você saber tomar suas decisões e aproveitar a vida, respeitando o próximo. Necessário viver intensamente, pois, o fim pode estar mais próximo que você imagina, em função disso como você está vivendo para aceitar o fim? Como está vivendo atualmente? você está aproveitando todos os seus momentos? está vivendo com intensidade máxima? vivendo com serenidade ou reclamando de tudo?

Portanto, o aprender viver, é saber lidar de forma natural essa passagem natural que desconhecemos. 

Para aprender a viver muitas vezes precisamos de um profissional capacitado para orienta-lo.

O profissional que ajuda a encontra um sentido na vida precisa estar preparado, deve primeiro conhecer sua vida para poder ajudar o próximo, ter um suporte pessoal para ter autoridade, saber viver bem em função de ter a informação e conhecimento, pois, "só posso dar exemplo com minha vivencia". Como vou ajudar o próximo a encontrar sentido na vida, se não encontrei o meu sentido de vida, e a tanatologia faz parte desse aprendizado. Comece seu aprendizado através da palestra de Psicologia Transpessoal clicando aqui.